Café – Relatório de Mercado – 20.10.2020

Segue abaixo nosso relatório de mercado e negócios realizados ontem, dia 19.10.2020.

O que já estava ruim, vai ficando pior, pois com a baixa nas cotações da Bolsa de NY., a redução nas bases compradoras, armazéns cheios (ainda) e os produtores capitalizados pelas boas vendas efetuadas, travaram opor completo o mercado físico, com alguns poucos negócios pontuais.
Segundo apurei, ainda há muito café por chegar às mãos de exportadores oriundos de compras futuras (travas de preço) realizadas ano passado e em 2018 para entrega agora. Isto se transforma em conforto e tranquilidade para os exportadores mas também em maior capitalização para os produtores que não mostram interesse algum em vender volumes nos atuais preços, seja por estarem bem abaixo de sua média vendida, seja por causa de imposto de Renda.
Por outro lado, a preocupação é UNÂNIME para exportadores e produtores no que diz respeito ao tamanho da próxima safra. Ninguém ao certo tem certeza, segurança para dar números aos estragos provocados pelo estresse produtivo + estresse hídrico (seca) e consequentemente se o pegamento da florada será bom bem como o tamanho da próxima safra. Cada Planta, cada variedade reage de uma maneira diferente, umas mais sensíveis outras mais resistentes à seca. O solo e a altitude utilizados, além de todos os fatores acima mencionados, influenciarão muito na composição dos números para 2021.
A verdade é uma só, não há como colher uma SUPER SAFRA sem que haja estragos, danos, podas para a próxima safra….mesmo que haja bom trato. A quebra é real, só não sabemos o tamanho, ainda.

Desejo uma ótima terça-feira.

Relatório de Mercado

Gilmar Lobo





Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.